Social icons

Cozy and inspire day

17 de novembro de 2017

Apesar de não saber o motivo, ontem o dia amanheceu inspirador. Pela tarde, fiz da minha cama um ninho para ler, e o momento estava tão acolhedor que parei um pouco, olhei ao redor e senti muita vontade de fotografá-lo. Reuni algumas coisinhas pra deixar as fotografias mais bonitas, as plantinhas do pé de pitanga (que me fazem companhia num "jarro" improvisado no quarto) e algumas luzinhas.

Como eu tinha escrito em um post por aí, ultimamente estou com uma saudade grande de fotografar mais e tenho me sentido motivada pra isso vez em quando, então esse post será recheado de fotos, não importa quantas são, aliás, não contei. Apenas editei de uma forma em que a luz ficasse no mesmo tom que estava quando entrava pela janela. Gostei do resultado. Pra completar, enquanto organizava essa postagem, a playlist com músicas instrumentais do Studio Ghibli deixou tudo mais calmo e leve.



Vocês verão muitas fotografias semelhantes, mas resolvi bular isso de "retirar/excluir" elas, talvez seja um pouco cansativo vê-las ou notar que são quase iguais, mesmo assim tive uma vontade de incluir todas, afinal, não existe regra pra isso e, se há alguma, existem exceções. O motivo das semelhanças é por gostar de brincar com o desfoque da lente, acho bonito como a 50mm causa, em mim, essa sensação de coisa mágica. <3


Também vou aproveitar esse post pra falar sobre duas pequenas mudanças no layout do blog. Bom, está claro que eu não mudei de tema, e nem quero mudar porque adoro esse. Ele foi desenvolvido pela Gabri, a mente brilhante por trás do The basic page. Conversei com ela há uns meses atrás dizendo que queria fazer algumas mudanças; um tempo depois, ela me respondeu, disse ser possível aplicar as transformações e o valor do trabalho. Assim, finalmente, resolvi incluir no blog um menu-drop e um slider. O menu-drop era algo essencial pra mim, porque posso colocar a quantidade de páginas que eu quiser no menu sem me preocupar com o tamanho que ele ficará depois. Já o slider, desde o início achei que faltava um elemento que mostrasse os últimos posts ou os mais vistos, então optei por esse, e gostei muito! Vocês também gostaram? :)



A leitura da tarde não foi nenhum livro comum, mas a minha nova Bíblia de estudos, comprada há uns meses atrás. Pra quem se interessa por estudos assim, essa é do Matthew Henry da CPAD. Tô gostando bastante de conciliar a leitura devocional com as aplicação de M. Henry, na verdade, eu já estava lendo os comentários bíblicos de Henry (que vêm nessa Bíblia) pelo notebook, mas nela os textos são bem mais resumidos porque os livros - Comentário Bíblico - dele possuem muuuuitas páginas (e coloca "muitas" nisso) haha, ia ser tipo uma enciclopédia caso tivessem incluído tudo o que ele escreveu. A minha capa é a de couro marrom, achei ela muito bonita, inclusive, e o tamanho das letras também me agradaram, só as folhas me incomodaram por serem finas demais, não posso usar qualquer tipo de caneta, e provavelmente os marcadores também irão manchar... Mesmo assim, estou me organizando pra comprar as linhas Stabilo boss e Mildliner em breve pra deixar tudo mais bonitin, hehe. <3


Espero que me perdoem o post enorme e cansativo, pessoal, mas foi justamente pra matar a vontade que estava sentindo disso, afinal meu blog é um diário fotográfico, quero parar de me reprimir tanto e deixar de formular na minha mente que a postagem tem que ter uma quantidade X - máxima ou mínima - de fotografias, quem quiser ver todas, que veja, quem não, não tem problema algum, até porque todas estão aqui com a finalidade de serem, mais tarde, lembranças para mim, hihi. :D


Por fim, queria agradecer todo o carinho que vocês têm depositado nos comentários, todos eles me fazem feliz, sei que sempre escrevo isso, mas gosto de deixar tudo bem transparente, hehe, e suas palavras me dão bastante motivação, estou até pensando em montar novos projetos pra o ano que vem, *-* algumas situações estão mudando e tomando novos rumos (a mudança pra outra cidade ficou "incerta"), principalmente porque consegui passar no curso de design da Ufal e em Janeiro irei iniciar uma nova fase da minha vida, estou tão empolgada com isso! Sou grata pelo apoio de todos aqueles que acreditaram em mim. :)
Obrigada e até logo!

Little plant

12 de novembro de 2017

Esse é um daqueles posts descompromissados, em que não fazia ideia que iria postar, até porque as fotografias não me agradaram muito, exceto a presença da plantinha fofa que deixou tudo um pouco melhor. :)

Peguei a câmera pra fazer uns ajustes nas configurações e também porque bateu uma saudade de sair fotografando qualquer coisa que encontrasse pelo caminho. Fui no quintal, voltei, fui de novo e avistei o pequeno vaso apoiado sobre os tijolos, e a planta toda tímida recebendo feixes da luz do sol que escapavam entre as folhas do pé de acerola. Apoiei o vaso na escada que painho usa pra arrumar as engenhocas que ele faz em casa. É engraçado pensar que brinquei muito nessa escada, e ela parecia ser tão alta quando tinha 6 anos... Hoje em dia não me mete medo algum, claro, hehe. Fiquei uns bons minutos olhando pras fotos, enquanto as editava, e me questionando o porquê do tempo passar tão rápido...

Tenho andado pensativa e cheia de nostalgia esses dias, o que há comigo eu mesma não sei. Não pude evitar umas poucas reflexões, como de costume. Anos atrás, eu era como essa minúscula planta e, num piscar de olhos (pra mim), já não sou tão miúda assim, apesar de por dentro me sentir cada vez menor. Uma escada branca que me parecia algo medonho e desafiador a enfrentar, não passa agora de curtos degraus. Isso faz lembrar duma nota antiga que escrevi: XIX.

A vida é uma linha tênue.

7 on 7 - Naturelover

7 de novembro de 2017

Ultimamente eu ando com uma saudade absurda de compartilhar mais fotografias no blog, é por isso que vocês estão vendo uma quantidade enorme de fotos pra um post de 7 on 7. Mas tem outra coisinha também, esse tema é meu preferido. Posso fazer um jogo de palavras pra resumir tudo? Registrar a natureza com suas pequenices, bonitezas e minimalismos já se tornou natural demais pra mim, hehe, não importa onde estou, aonde vá, se tem plantas, animais ou qualquer outro elemento do tipo, sinto necessidade de fotografar. Então, desconsiderem esse post enorme, por favor, e vamos todos fingir juntamente comigo que é um 7 on 15 ou algo parecido.

A maioria das fotos foi tirada em Setembro quando viajamos pro interior de Alagoas, como eu fiquei com preguiça de editar logo, mês passado decidi incluir elas nesse 7 on 7, já que o tema do mesmo é natureza. Porém, dessa vez resolvi variar e decidi colocar não só registros de flores, plantinhas e tal, mas inclui uma página do meu bullet journal que foi decorado com elementos que representam tudo isso. Em vários posts passados mencionei meu desejo de ter um jardim em casa, porque apesar de termos muitas plantas, queria algo mais reservado pra mim. Bom, eu consegui iniciar um canteiro pequeno, mas fiquei triste pois algumas flores morreram e outras o Zeca e a Sheron comeram (inclusive uma parte da muda nova) ~nem surtei quando vi, imagina...!!!!!!!! Aproveitando essa deixa, vou contar uma novidade pra vocês: provavelmente eu vou me mudar, irei morar numa outra cidade com meu irmão e minha cunhada, que fica uns 50 minutos de Maceió, conhecida por União dos Palmares. Apesar disso, continuarei vindo todas as semanas passar uns dias na casa dos meus pais e também indo estudar na Ufal. No início creio que será um tanto cansativo, então não reparem se o número de postagens cair. Não sei como o blog ficará no meio de tanta transformação, mas quero me esforçar pra mantê-lo pelo menos ativo com 2 posts por mês... Darei prioridade aos projetos fotográficos, tanto esse quanto o Bee Happy. Enfim, são muitas coisas pra pensar, estou me organizando e à medida que o tempo for passando, estabelecerei um rotina confortável.

Com a possibilidade de ir morar num lugar novo, me motivei a criar o tal jardim lá, o que mais me preocupa é se teremos um quintal ou pelo menos um lugar para plantio, se isso não for possível, as plantas terão que ficar em vasinhos mesmo. Foi isso que aspirei nessa página do bullet journal. Meu interesse por árvores, flores, e natureza em geral, não é recente, apesar de meu amor ter crescido beeem mais ultimamente (principalmente por causa da fotografia). Poxa, eu cresci num lugar onde o meu quintal era um mundo com várias possibilidades de brincadeiras! Na goiabeira havia um balanço, e ao lado dela há o pé de acerola, onde eu montava um mini-zoológico com meus brinquedos; na varanda, embaixo do pé de romã, abrigava os dinossauros do meu irmão (apesar dele sempre reclamar comigo), na pitangueira, alocava a casinha do bosque das minhas bonecas... Enfim. Não consigo imaginar um momento sequer da minha infância que não estivesse cercada pelos vasos da minha mãe e as árvores frutíferas de casa, sinto até uma nostalgia dessa época onde minha maior preocupação era "Embaixo de qual árvore vou brincar hoje?".

O amor pela natureza fez/faz parte de mim e não quero esquecer nunca disso, daí vem meu interesse e insistência em criar o tão sonhado jardim. Esse tema do 7 on 7 me servirá de lembrete porque se me esquecer desse plano, as palavras ditas aqui irão, certamente, me constranger e assim não desistirei dele.
As outras meninas do projeto: VanessaKarinaCarolBiancaLuciana e Thamires.

Até mais, pessoal. 

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *