Social icons

Bee Happy: the end

29 de dezembro de 2019

Se, no começo do ano, alguém viesse e me dissesse o que 2019 me aguardava, provavelmente eu riria e não acreditaria. Bom, muita coisa mudou, tanto em perspectiva para o futuro quanto em atitudes pessoais. Coisas que podem até parecer besta pra alguns, mas pra mim foi bem surpreendente... Como, por exemplo, cortar meu cabelo depois de sete longos anos esperando ele crescer! E posso dizer que isso se tornou um fato bem interessante, a Laís de antigamente não cortaria após muito esperar. Não mesmo. Mas a de hoje, por vontade, impulso e desejo de mudar, não pensou duas vezes, e agora só quer saber de cabelo curto, rs.

Esses dias parei e fiquei rindo sozinha de tudo que vivi nesses 12 meses, da bagagem que preferia ter recolhido aos poucos, mas que veio como uma enxurrada. Muitas vezes procurei no que me segurar ou agarrar; não achei... Das pessoas novas que conheci, das situações inusitadas que vivenciei, dos embaraços e fatos tristes. O ano não foi apenas de coisas boas, mas houveram umas bem ruins também, e eu nem quero e nem vou romantizar isso. Vocês me perdoam se essas palavras parecerem um pouco amargas? Esse ano descobri, de uma forma irreal, que as pessoas podem ser muito más, principalmente aquelas que se dizem as mais tolerantes. Entretanto, existem outras à nossa volta que irão ajudar, consolar, oferecer um ombro amigo, dizer a verdade, e acalentar. Elas são como um ninho quentinho e, no final, a gente acaba ficando bem.


Desabafos à parte, pensei em listar pelo menos algumas coisinhas significativas e outras simples que aconteceram comigo durante o tempo que parei com os posts do Bee Happy, tipo um apanhado geral. Ah, respondendo às perguntas que me fizeram no insta, o motivo de ser o último é pela falta de publicação nessa série. Não faria sentido eu continuar publicando 2 ou 3 por ano, porque o projeto tem como objetivo me fazer publicar um post por mês. Por fim, decidi criar uma outra categoria, bem mais livre, mas as explicações ficam para outro momento.

Estágio. Nas publicações passadas, revelei que consegui um estágio em fotografia de moda, algo totalmente paralelo ao meu curso. Foi muito bom receber essa oportunidade e estou bem feliz, apesar de não ser o ramo que mais me fascina na fotografia, o aprendizado está valendo. O que me deixa empolgada são as ofertas que surgiram depois do estágio. Consegui alguns clientes por fora, e um deles é o Grupo VB Design. Nem preciso dizer que surtei em fotografar as amostras da loja! Conhecer de perto os produtos dos designers que estudamos em sala é incrível!!! Com certeza, essa foi uma das melhores experiências que tive, sou muito agradecida por isso. Inclusive, estou organizando alguns posts com os registros.


O sonho da full frame. Gente, preciso escrever mais? Demorou muito pra cair a ficha, mas finalmente tenho uma pra chamar de minha. Ganhei uma 6d Mark ii de presente do meu pai em outubro, e por incrível que pareça só comecei a usar ela agora em dezembro. Ela passou ainda um mês dentro da caixa. Acho que foi mais por medo de algo acontecer e também porque não tinha tempo de ler o manual nem olhar vídeos, então preferi deixar ela quietinha até fazer o seguro e ficar mais livre da ufal. Bom, primeiras impressões? Muuuuuito diferente de uma sensor crop! Meu Deus. Achei que a lente 50mm age de forma "distinta" (não sei como explicar) em relação à t3i. Claro que sabia que seria assim, porém na realidade é bem mais específico/peculiar do que os vídeos que eu via. Eu ainda tô estranhando bastante e me acostumando com isso. Não tenho uma opinião sólida sobre a 6d, preciso de um tempinho extra para ter algo concreto e escrever sobre. Aguardem.


Pentax P30t. Sim, eu arrisquei e comprei outra analógica. Sentia muita saudade de fotografar com uma, e não achei nenhum lugar em maceió que consertasse minha zenit. Faz algum tempo que ela chegou, mas como estava atolada de coisas do curso e do estágio, não tive tempo de comprar um filme e ler o manual dela. Resolvi começar os testes agora em Janeiro, espero que dê tudo certo!


Feiras alagoanas. Esse ano eu também consegui entrar em um projeto de pesquisa, o Nordestanças, que trata sobre as feiras de Alagoas. Como o projeto abordava algo sobre audiovisual, minha professora decidiu criar um eixo novo que envolve antropologia e fotografia das feiras, me colocando como responsável sobre ele. Nesse projeto, iremos visitar algumas feiras ao ar livre espalhadas pelo Estado. Uma das minhas responsabilidades também é de aprender a filmar para criar documentário. Estou meio num misto de ansiedade e medo.


Novos aprendizados. Por estar cursando design e ter entrado no projeto de pesquisa, decidi investir em cursos online. Depois de pesquisar, baixei os aplicativos Crehana e Domestika, e comprei alguns cursos de design gráfico, ilustração e aquarela, adobe premiere, after effects, e illustrator. Tirei o mês de dezembro para descansar e vou começar a estudá-los na primeira semana de janeiro.


Hábitos. Entre 2019 e 2020 estabeleci que necessito reaprender muitas coisas. Mudanças alimentares,  comportamentais, exercício físico, consumo mais consciente. Eu costumava ser viciada em comprar artigos de papelaria, me controlei bastante e não compro como antigamente. Percebi que existem também outros meios que podem ajudar nisso, um deles achei no caderno inteligente. Como só descobri recentemente, li sobre ele e vi que pode ser uma ótima alternativa para substituir a minha montanha de cadernos. Passei a beber mais água, e vou começar uma rotina de exercícios, como andar de bicicleta, além de começar uma dieta e ir para uma nutricionista, algo que eu nunca quis e odiava. Deus me ajude.


"Sobre o poder que nossas mãos carregam". Algo que gosto no curso é de sempre nos esforçarmos para criar tudo, desde a embalagem, o mockup ou protótipos em escala dos produtos e móveis. Apesar de não me achar boa nessa parte "crafteira", às vezes sai um ou outro aproveitável, rsrs. Dois fatos legais do 5º período: aprender a criar identidade visual, apesar de ser super trabalhoso, e ter a disciplina de Materiais e Processos Industriais com oficinas diy. O potinho é um dos resultados. O pin amora amorinha e o texto são inspirações.


Me despeço do Bee Happy de uma forma - como próprio nome significa - feliz, creio que o projeto fez com que eu enxergasse com mais atenção cada instante que vivi, aprendendo a valorizar os momentos ao refletir sobre eles. Obrigada por terem acompanhado as narrações dos meus dias até aqui, por serem participantes e torcerem em cada etapa nova.


Eu desejo, de coração, que 2020 seja um ano melhor para todos. Um ano leve e mais bonito.
Seja ainda mais incrível que o ano que passou. ❤️

Algo bem simples

18 de setembro de 2019

Se um dia me perguntassem o que eu mais gosto de fazer, não pensaria duas vezes e diria que é acordar cedo num dia com chuva, ler um livro pela manhã enquanto tomo chocolate ali mesmo, na cama ainda bagunçada, e obviamente registrar o momento. Por mais trivial que possa parecer para alguns, para mim são estes os meus melhores momentos. Não é estar em uma viagem inesquecível, nem fazer algo impossível, mas algo bem simples assim.


Eu meio que fiz desse evento meu próprio "ritual". Infelizmente isso vem se tornando cada vez mais difícil para mim e hoje foi o único dia que consegui depois de não sei quantos meses de correria e caos. Agora estou aprendendo a valorizar melhor.

Hoje eu acordei bem cedinho, aproveitei que não tinha estágio e decidi tirar a última semana de férias pra, no mínimo, reservar uma hora para mim e para o blog. E se tratando dele, é também outro lugarzinho que me faz um bem danado, que morro de saudades! Me sinto leve quando fotografo e escrevo para ele, para vocês. Espero poder voltar a postar pelo menos uma vez por mês, mas não posso garantir nada. De certeza, ele não será desativado, independente do quanto eu suma, sempre retornarei para cá.


As fotos que fiz pela manhã foram mais singelas, sem muita preparação, apenas com objetos que eu estava à mão. Meu livro maravilhoso sobre Monet e uma das minhas suculentas, inclusive, preciso fotografá-las novamente e mostrar aqui o quanto cresceram e encheram seus vasos, tão lindas demais e dá um baita orgulho quando vejo a evolução!
Assim como tem acontecido comigo. <3


Desejo que a semana de vocês seja leve e bonita.
Até mais, pessoal. ❤️

Tempo para tudo

13 de julho de 2019

Eu nunca planejei passar tanto tempo longe do blog. E de certa forma, longe de mim mesma... Afinal, esse espaço faz parte de mim, sendo que a partir do momento em que sento de frente para o notebook, dou uma pausa em tudo, e digito cada palavrinha, esse é o instante que reservo pro meu eu, pras minhas reflexões, pra pensar nos balanços da vida e desaguar aqui.

Mas já faz meses que não é mais assim. Se eu sinto saudades? Muita!!! Todas as vezes que, no meio da rotina corrida, paro pra respirar, lá longe me vêm lembranças desse canto. E, não posso negar, parte de mim chora por isso, entretanto, outra parte fica feliz por ver que não há também espaço pra ociosidade nos meus dias atuais.

Eu tenho me ocupado bastante com os estudos, além disso, consegui entrar para um projeto de pesquisa na universidade sobre fotografia das feiras alagoanas. Também estou em (a grande surpresa) dois estágios remunerados em fotografia de moda. Ainda tô aprendendo esse lado da fotografia, confesso que nunca pensei em trabalhar com editorial de moda, mas a oportunidade surgiu e eu decidi tentar, apesar de ser diferente pra mim, está me rendendo bons ensinamentos.

Durante esses meses todos longe do blog, é claro que eu fiz algumas fotos. Poucas, mas fiz. Estou me organizando pra postá-las devagarzinho mesmo, espero que vocês ainda estejam por aqui quando isso acontecer. <3 Ainda essa terceira semana de julho trarei um post.

E isso, como vocês podem perceber,
não é uma despedida.
Muito pelo contrário.

Até mais, pessoal!

(Bee) Happy New Year

31 de dezembro de 2018

Mais um ciclo se finda. Não sei como fazer um balanço do ano que se passou, ele foi um pouco confuso em alguns aspectos, mas também cheio de tomadas de novas decisões e enfrentamentos. Diferente dos outros anos, creio que 2018 tornou-se um 'separador' do que eu era para o que sou hoje. Com toda a certeza, este ano termina feliz para mim, sinto que tive iniciativas boas e a melhor delas foi escolher ser designer. Vou para 2019 com um alívio no peito, leveza na alma por encarar meus medos, independente se estou errando ou acertando nas demasiadas tentativas, afinal, tudo isto faz parte. Não quero criar expectativas pro que virá, apenas quero deixar fluir. Quero ser eu mesma, acreditando no melhor, mesmo sabendo que as coisas podem não dar tão certo assim.

"Último dia de 2018". Isso já soa tão nostálgico... O dia nem terminou, quer dizer, ainda estou aqui digitando essas palavras, mas o sentimento de saudade está tão presente. Dezembro foi o mês mais relax que tive desde que comecei o curso, acho que pelo fato de termos o período "cortado" por esse recesso festivo. Comecei o terceiro período do curso no fim de novembro, estudei até metade de Dezembro e retorno no dia 21 de Janeiro com provas e trabalhos para serem entregues. É claro que isso significa que passarei as "férias" estudando, haha. Trágico. :'(

Bom, nesse meio tempo iniciei algumas ideias e talvez as compartilhe aqui no blog. Decidi criar um projeto de fotografia mobile, nele eu tiro uma fotografia por dia durante um mês e aplico edição analógica (porque queria muito voltar a fotografar com a Zenit, mas não dá por enquanto). Quero tentar registrar mais meu cotidiano, talvez dê certo, talvez não... Não custa nada tentar, rs. Fiz alguns testes e o projeto mesmo começará próximo mês. Outro projeto é o do meu caderno de desenhos, esse está mais devagar pra que realmente progrida, a primeira ilustração dele é essa em aquarela, no dia que pintei estava desejando estar num lugar exatamente assim.

Ah, esse mês ganhei uma ilustração linda de uma colega. Agora só me falta uma moldura bem bonita pra então colocar na parede do quarto. Teve viagem de Natal com a família, no caminho vi várias florestas de eucalipto <3. Reiniciei meus singelos trabalhos com fotografia nesse blog e também o do bujo no instagram (troquei o user faz uns meses, antes era @planlai) que havia parado. Terminei um dos livros de ilustrações que comprei ano passado; montei uma playlist, que tô amando muito, enquanto editava as fotografias pra essa postagem, e conheci novos perfis lindos no instagram e pessoas maravilhosas aqui no blogger. 

Hum, acho que com isso posso dizer que Dezembro foi bom e bonito.
2019, seja assim também.
Feliz ano, pessoal! ❤️

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *