Social icons

Tudo novo, de novo

26 de dezembro de 2015

O ano vai se acabando e venho, nessa última postagem, desejar um lindo 2016 para todos, agradecer o carinho de muitos e o apoio que tantos estão me dando, e escrever também que, realmente, estou feliz com o blog. Desde o primeiro post, eu não tinha a certeza se iria continuar ou não... Fiquei uns dias meditando "Será que vai ser como antes?" "E se eu desanimar, vou excluir e recomeçar de novo?". Mas, diferente das outras vezes, eu fiz um pacto comigo mesma: não, não vou desistir hoje, e nunca mais. Irei continuar postando, apesar de sumir, voltarei. Porque já me apeguei ao Candy deer, ele virou o meu lar, um diário pessoal feito da forma mais íntima e carinhosa possível. Levei tempos para deixá-lo mais ou menos como queria e espero que ele chegue ao ponto ideal, lutarei para que aconteça, mesmo que gradualmente. Tudo que construo aqui, faço sozinha, sei que existem pessoas que me ajudam de forma indireta, isso se dá com elogios e palavras de ânimo nas horas mais difíceis. E digo a vocês que ainda não experimentaram essa experiência de ter um blog: é complicado. Parece fácil, mas não é. Organizar postagens, montar um layout que reflita seu jeito, tirar as fotografias para cada publicação e desenvolver os assuntos que irão parar aqui são tarefas super complexas, mas acabam tornando-se prazerosas. A minha felicidade se completa quando alguém me envia uma mensagem escrevendo que gostou de tal coisa ou que inspirei para outra, e que, acima de tudo, eu pude ajudar em algo. Eu não fiz planos para 2016, talvez nem faça. A minha única meta continua: aprender sobre a fotografia. Essa arte e luz da alma, como uma poetisa comentou, é o elo que me une à paixão de ter um blog, e sendo assim, espero que eu nunca perca essa ligação. Obrigada a todos que se fazem presente, e boas festas. Até o próximo ano cheio de luz! 

6 comentários

  1. Engana quem pensa que ter esses diários virtuais é algo simples. É um compromisso tão singelo, mas ao mesmo tempo o maior de todos! Não me vejo sem o Poético Diário e eu não quero que você saia do Candy. Quando as coisas apertarem é uma boa se distanciar, mas de uma vez, desistir não é legal. Não sabemos como será 2016, mas o que eu sei é que se não tropeçarmos, as coisas poderão perder a graça; e você, Laisinha, é banhada de amor. Não pare de fazer o que ama. Reconstruir-se é saudável e quando o seu amor por algo anda do seu lado, viver, se torna ainda melhor. Desejo-te paz e faça da sua luz da alma, a fotografia, umas das melhores companhias. E, ah, fiquei feliz por ter dito algo tão doce sobre mim rs. Feliz ano! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você e o Poético Diário são ambos repletos de poesia, Lary, e assim como a fotografia, a poesia é luz e delicadeza da alma. Esse post veio repleto de amor, de gratidão, e claro que teria uma citação sua aqui, seu carinho foi importante pro Candy deer. Te agradeço, mais uma vez, pelo bem que tem feito, escrevo isso com muita sinceridade. Meu sentimento é de reciprocidade, sempre. Assim, também almejo paz e felicidade. E que venham anos cheios de lindas fotografias pela frente! ♡

      Excluir
    2. Ah, agradeço! Que as luzes da paz estejam sempre com você. Feliz ano, feliz fotografia (e poesia). <3
      Quero te contar uns sonhos que eu tive há meses. Posso mandar pela aba "contato"?

      Excluir
    3. Durante semanas seguidas cê apareceu nos meus sonhos (juro juradinho que sim); e eu orei por todos aí e para que tudo ficasse bem. Era isso que eu ia dizer (e por ser simples mandei por aqui mesmo). :D ♥

      Excluir
    4. Oi, Lary! Desculpa a demora em responder, fiquei sem computador essas semanas. Gostaria que tu me contasse mais sobre os sonhos, pode ser? Envia pelo chat do tumblr, por favor! Muito obrigada por orar por nós. Que Deus cuide de todos aí! Abraços. ♡♡♡

      Excluir

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *