Social icons

Sweet weeks: aleatórias

30 de julho de 2016
Uma palavra define esse mês: cansaço. Com certeza. Aliás, um cansaço gerado por dúvidas. O período na universidade começou com tudo, e não tenho nem tempo pra respirar direito. Demorei pra admitir, mas confesso que estou passando pela fase de: "É isso que eu quero mesmo?". Essa maldita pergunta vem martelando na minha cabeça ultimamente, principalmente em relação ao meu curso. E isso meio que atrasa os estudos, porque no momento em que deveria estar me concentrando pra uma prova, por exemplo, me pego pensando em como seria se estivesse num outro canto estudando algo diferente. É a primeira vez que escrevo aqui sobre isso, mas Enfermagem nunca fez parte dos meus pensamentos antes, até o instante em que a escolhi. No mais, isso reflete completamente no meu cotidiano, porque acabo me desanimando pra fazer muitas coisas, e o blog está entre elas. Também venho pensando no seguinte: trancar o curso e estudar fotografia (em outro Estado). Acho que não é uma supresa, já que fotografar é o que me deixa feliz/satisfeita 100%. O legal é que a ideia pode dar certo. Bom... Não exatamente agora, mas estou me empenhando, pesquisando e, claro, fazendo planos para daqui há uns 2 anos (ou menos, tudo depende do money) ir para longe de casa realizar meu sonho. 


Por fim, essas "doces semanas" de "doces" não tiveram quase nada. Inclusive, me perdoem pela escassez de fotos e a terrível (terrível mesmo) falta de criatividade na hora de tirá-las. Talvez o blog apareça com novidades nos próximos meses, pois estou pensando em mudar o template de novo ~sério~ (o que pode ser provável lá pra meados de Setembro - mês do meu aniversário), realizar um post com dicas de aplicativos pra edição de fotos, e quem sabe não descola um freebie bem legal por aqui? Então, fiquem de olho. E até mais! (っ˘ω˘ς 
*Todas as fotos foram tiradas com a câmera do celular - Sweet weeks é um mini projeto facultativo, composto por fotos dos dias da semana, que acompanham um breve resumo deles. Feito de uma forma simples e instantânea. 

6 comentários

  1. Cobranças, noites mal dormidas, o cansaço [...] eu sorri ao ler o seu post porque quase desisti do curso semestre passado. Lembro bem que o nosso papo sempre se assemelhava nas épocas da escola. O tempo passou e ainda não mudamos esses pensamentos pelo visto. Laisinha, criar é a minha vida. Escrever e filmar é o que me faz bem - mesmo que eu tenha muito o que aprender. Mas acredite, todas essas dúvidas que você tem estão também ao meu redor. Vou me formar, mas não sei se o Serviço Social fará parte do meu histórico profissional. No fim, sabemos o que e bom pra nós... eu te desejo luz. A arte também é a sua casa. Não desista. Você é incrivelmente boa no que faz.

    Com amor, Lary.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo tem dessa fase, né? A minha tem me perseguido camufladamente desde a última greve da Ufal. Eu lembro como era a época do colégio, e sinto uma saudade... De quando a vida era mais simples, de eu não ter que tomar tanta decisão difícil, de me tornar "adulta", as conversas eram sobre tumblr e literatura, lembra? A nossa única preocupação era estudar para passar nas provas bimestrais, haha. Você leu meus pensamentos! É exatamente assim que eu penso: posso até me formar, mas não sei se realmente exercerei minha profissão, talvez até exerça, mas não tão ativamente. Obrigada pelas palavras, Lary, elas foram reconfortantes, e seu apoio (você até já sabe disso) é incondicional. Um abraço apertado, ♡.

      Excluir
  2. olha, não querendo falar que tudo vai dar certo, ser fácil e sem questionamentos internos (até porque nada na vida é assim, haha) mas se trancar o curso e partir pra outra coisa é algo que você não consegue parar de pensar, você deveria tentar. você é nova, nada do que você aprendeu será perdido (pode até voltar pro seu curso, caso depois decida), essa é a hora de arriscar e cometer erros, sabe? ir atrás do que faz você se sentir feliz <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Ka! Ultimamente tem sido difícil justamente por isso, porque não consigo parar de pensar, e por ter essa vontade enorme, já tô me planejando pra tentar! E você tá certa, nada será perdido, há a possibilidade de eu poder retomar o curso, se eu quiser mais tarde. Eu fico extremamente contente quando aparecem pessoas na minha vida como você, que entendem, aconselham e não julgam; pois muitas já me disseram: "Você vai trocar Enfermagem por Fotografia?". Se é o que eu amo, sim, eu vou. Vou é ser feliz (como 'cê escreveu ali no final)! Obrigada, obrigada! Preciso de mais empurrões assim pra seguir em frente! Bj! ♡♡♡

      Excluir
  3. tudo são processos né? o lance é além de ouvir o nosso coração (é preciso de vez em quando né), também ir pesquisando, colocando no papel, colocando na balança. e ah, claro, se permitir né? se permitir mudar se assim tiver que ser :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhum, exatamente! Legal quando você colocou "se permitir"; é totalmente oposta à forma que eu tinha na mente: a que me prendia. E é o que preciso... Me permitir. Obrigada pelas palavras, Ba! Ah, também fiquei muito feliz com sua visita, rs. ♡

      Excluir

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *