Social icons

Talking about #2

17 de julho de 2017

Fiquei tão feliz por terem gostado da primeira parte do Talking about que resolvi logo escrever o próximo post. Ah, mas lembrando: esse será bem legal de ler, pois trata-se do nosso assunto mais queridinho, a fotografia. Quando vocês pensam nela, o que vem à mente? Obviamente câmera, lente e edição, não é mesmo? Como eu já escrevi no blog antes, eu sou uma fotógrafa amadora, ou seja, não me especializei em nadica de nada, a maioria das coisas, truques e etc, aprendi sozinha pesquisando em sites, assistindo a vídeos e lendo muuuuitos e-books, inclusive, fiz um post com dicas de fotografia contando mais disso.
Com essa segunda parte da tag, venho com o objetivo de ajudar, mostrar os materiais que uso no dia-a-dia, e o mais importante: inspirar vocês, porque, convenhamos, é preciso bastante inspiração. A inspiração (creio eu) é um ingrediente importantíssimo na hora de fotografar e tornar o trabalho de cada fotógrafo, sendo ele amador ou profissional, algo único, prazeroso e bonito aos nossos olhos. So come on! 

Sobre as fotografias, câmeras, lentes, edições e app

1. Qual/quais câmera/s e lente/s usa?
Até agora, só tenho duas câmeras. Pela foto, uma vocês já descobriram, haha. Essa é a minha analógica, Zenit 122, no entanto, a bichinha tá aposentada, me corta o coração vê-la parada, mas tô cogitando a ideia de um conserto em breve. A lente que veio é a Helios 44M-6 58mm f/2, e tá praticamente nova, sem fungos, arranhões ou sujeiras; custou 270 reais no ML, veio com bolsa, case de couro e um flash Mirage 218M. A digital é a Canon T3i, ela veio com a lente EF-S 18-55m f/3.5-5.6 IS II, na época custou 1.890. Recentemente, comprei a EF 50mm f/1.4 USM por 1.400. Eu sei que tá ficando clichê, mas: melhor aquisição ever. <3
2. Pensa em próximas aquisições?
Gente, então, eu precisava incluir essa pergunta pra ser uma meta de vida, haha. Penso em várias aquisições! Primeiro, migrar pra uma full-frame, tipo uma EOS 5D Mark III (entenderam o porquê de "meta de vida"? Hahaha, a gente ri pra disfarçar o preço :D :D :D). Depois, investir em mais lentes, como a EF 135mm f/2L USM. Pelo valor somado, pode parecer exagero, mas são apenas sonhos. Assim como, no meu início, era um sonho ter uma câmera e lente boas, quando eu ainda fotografava com uma compacta qualquer, daí migrei pro celular de resolução triste (pra maquiar, deixava a foto bem granulada - donde surgiu o interesse por efeitos analógicos ); mais tarde, fui pra uma samsung wb100, e agora estou com a T3i. Meu sonho se realizou uma vez, e eu sei que pode se realizar de novo. Um deles, recentemente consegui: a 50mm 1.4. Eu nem pensava que teria ela, pra falar a verdade. Talvez alguém possa perguntar: "Não é um baita material pra quem só posta foto em blog?!". A você, amigo, eu digo: quero me profissionalizar em fotografia. É algo que amo, e não se assuste... Não exitaria, se as condiçõe$$ permitirem, comprar essas belezinhas. Uma pausa: não imaginava que escreveria tanto, desculpem. O bom é que, enquanto digitava, várias lembranças surgiram junto com um futuro post. Enfim, o romance dessa novela mexicana não termina aí. Também cresce o desejo por analógicas, como a Pentax k1000, Canon FTb, Canon A-1, Canon AE-1, Nikon AE-1, Nikon FGNikon FM3a. Ah, e não esqueçamos da Instax Mini 8. Muita câmera pra pouco $$. </3
3. Quais os programas de edição?
Nada demais e nem muito técnico, apenas o Photoshop Lightroom 4.4PhotoScape, e Wondershare Filmora. Quero muito aprender a usar programas de edição para vídeos, como o Sony Vegas e Adobe Premiere. Por enquanto, edito os vídeos pelo Lightroom e o app Adobe.
4. Quais apps usa no celular?
Antes, um monte. Mas com o passar do tempo, reduzi bastante e fiquei com apenas cinco. 4 para fotografia: VSCO ainda na versão 3.5.1, Afterlight, XnExpress Pro, A Beautiful Mess. E 1 para edição de vídeo: Adobe Clip. Fora esses, tenho um pra fotos descontraídas/kawaii, que é o B612 (adoro essa referência ao Pequeno Príncipe). Mas, ao todo meeeesmo, usei: Adobe Photoshop Express, Adobe Photoshop Lightroom, A Color Story, Pocketbooth, Click Serendipity e Lumiè (para fotos bem fofinhas), POMELO (recomendo), LINE SnapMovie, e Vintage Deco.
5. Fotografa há muito tempo?
Descobri a magia da fotografia aos 13 anos. Bom, é evidente que não entendia nada, e também nunca recebi influência de ninguém da família, o que é uma pena, pois acho bonito quando esses lanços e interesses - fotografia, leitura, pintura, músicas - se prolongam por gerações (pretendo um dia fazer isso com meus filhos). Comecei fotografando eu mesma e para eu mesma, haha. Depois de amadurecer um pouco mais, parei com o auto-retrato, e deixei a vergonha de lado passando a fotografar outras pessoas, plantas, animais e objetos. O amor por essa arte se firmou, estendendo-se até hoje. :)
6. O que você mais gosta de fotografar?
Natureza, com certeza. Gosto dos detalhes, da luz do sol irradiando num fim de tarde, do bokeh colorido produzido pelas flores, e do minimalismo presente em cada elemento natural, como na foto da joaninha.
7. Como define seu estilo fotográfico?
Hum, eu prefiro fotos sutis e claras, sem edições pesadas, com luzes e cores o mais naturais possíveis. As melhores referências para entender meu estilo se encontram no We Heart It. Eu faço de tudo para chegar o mais perto que der da suavidade delas. A composição conta muito pra mim, sou adepta a flores, tons brandos, um ar e ambiente que passem aconchego. Serenidade o define.
8. Qual foi sua primeira foto em uma rede social de fotografia?
A primeira foto que realmente compus, editei e "planejei" foi de uma cadeira vintage com coroa de flores. Não consigo lembrar exatamente quando tirei, no flickr consta a data de publicação 12 de outubro de 2013, é a minha primeira foto postada lá. Eu usei um celular ultrapassado, o Samsung Galaxy Ace - ultrapassado até mesmo naquela época, haha. Como a resolução era péssima, costumava deixar minhas fotos granuladas, com aspecto antigo, daí iniciou-se meu amor pela fotografia analógica. Ainda recordo que editei essa foto pelo PhotoScape e apliquei filtro do Pixlr online.
9. Já fez algum curso fotográfico?
Não, aprendi tudo lendo e-books, sites e vendo vídeos. Atualmente, quero participar de algum dos cursos presenciais da Canon (quando vierem pra cá, de novo). Há a possibilidade também de passar uns anos em SP pra uma graduação. Enquanto isso, minha cidade oferece curso uma vez ou outra no Senac-Al (não me parece ser tão bom, pra mim nem vale a pena gastar 600 reais nele). Aqui em Maceió tem também uma escola chamada Criattiva, e pode ser que tente algo por lá. ^^
10. Tem alguma inspiração/referência pras composições?
Bom, já mencionei o WHIt, agora é hora de falar fotógrafos e blogueiros inspiradores: tem a Mel, a Drea, o Math, a Ka, o pessoal do We Blog You, a Fer, a Ana, a Lary... Aliás, são muitos!! Meu blogroll é recheado de pessoas que admiro o trabalho, as citadas são só algumas, viu? Pois todos os blogs que me inspiram estão linkados lá. Não existe favoritismo ou ordem de nada. Cada um possui seu olhar fotográfico e jeitinho, é isso que torna esse blogroll tão especial pra mim, porque todos eles me compõe de alguma maneira. <3
11. Duas fotografias favoritas (uma tirada por você e uma de outro fotógrafo).
Quando bolei essa pergunta, era pra ser um desafio, porque escolher 1 fotografia é bem difícil, não acho elas boas o bastante. Tenho um velho problema: nunca gostar do que faço. Eu tento meu melhor, eu tento fazer algo 1000x até sair da forma idealizada, eu tento não me frustrar. Eu tento, e tento, e tento. É a vida de uma pessoa nunca satisfeita e perfeccionista. Enfim, mi mi mis à parte, consegui escolher penosamente a favorita:

Essa foto tem um significado grande. O carinho que sinto por ela não tem dimensão. Foi tirada com uma semi-profissional Samsung wb100 e editada no Lightroom. A vi n vezes no WHIt, tumblr, e também teve uma aparição na fanpage Lomogracinha. Eu ainda estava conhecendo a câmera e caminhava os primeiros passos quando obtive o registro acima; só agora percebo que sou feliz por ter feito a pergunta nº 11, pois pude me reencontrar com ele. É interessante como, depois de um tempo, esqueci minhas primeiras fotografias, e como meu estilo variou... O granulado ficou restrito às câmeras analógicas, e as fotografias digitais se tornaram mais limpas. É isso...

Eu gosto do Flickr por vários motivos, mesmo não o usando com frequência. Lá podemos saber quem é o fotógrafo de cada registro, além das fotos apresentarem a qualidade original, sem ser uma das cópias circulantes pela internet. Antigamente, costumava favoritar mais de 20 fotografias por dia, época que não tinha câmera, e as usava (com os devidos créditos) para ilustrar um blog antigo. Meu acervo continuou guardado, e até hoje dou uns favs nele. Fui bisbilhotar e olhem o que encontrei:

Preciso dizer mais? É um cervo, gente... Eu adoro cervos, daí o nome do blog (que pode ser nada a ver pra muitas pessoas - porque me disseram isso - mas não me importo, eu gosto assim mesmo), e ainda tem uma sobreposição de flores ♥. Se você está pensando: tem outras fotografias nos favoritos que enchem mais a vista do que essa escolhida. Bom, pode até ser. Mas, dentre todas, foi a vez dessa se tornar a number 1. :D

12. Quais sites de fotografia mais te ajudam?

O site Dicas de fotografias e seus e-books, ambos mencionados no começo desse post, foram e ainda são essenciais pra mim. A Canon College também me ajuda bastante; recentemente, recebi um e-mail informando sobre a Biblioteca virtual Canon, e quem sabe não rola um post explicando um pouco mais disso? ;) E, por fim, alguns canais no YT: Dupla ExposiçãoLiving Photography, Zona da Fotografia.

Vocês perceberam que não me aprofundei muito sobre meus equipamentos e tal. Mas eu posso tentar fazer um post explicando minha experiência com a T3i e a lente do kit, caso alguém tenha interesse. A segunda parte sobre a 50mm 1.4 virá em breve. Fora isso, eu ainda não comprei um rebatedor e não costumo usar meu tripé. Algo que venho desejando é um controle para a câmera, então, se alguém quiser compartilhar a experiência com ele, eu agradeço bastante, haha. <3 Espero que tenham gostado da segunda parte do post, se tiverem mais dúvidas/curiosidades, podem comentar à vontade, responderei com o maior carinho. Ah! Também sintam-se à vontade para responder a tag no blog de vocês. Lembrando que o Talking about #3 será sobre coisas da blogosfera. *-*

Até mais, pessoal, fiquem bem.

24 comentários

  1. Oi Laís, eu sou bem (BEM MESMO) leiga no que diz respeito a fotografia, mas tenho muita curiosidade e vontade de usar as analógicas da Nikon. A Nikon FM3a é meio sonho de consumo pra mim. Quem sabe um dia, né? Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Cami! Ah, eu sei como é. Quando eu comprei minha primeira analógica, eu não sabia de nada sobre o modo manual, errava muito nas configs, as fotos saíam borradas, escuras ou muito claras, haha. Depois de um tempo, consegui pegar o jeitinho da coisa. Ah, compartilhamos do mesmo sonho, então, hehe. Espero que consiga realizar o seu! <3 <3 Bjss

      Excluir
  2. Que lindo! Sou apaixonar por fotogrt desde que me entendo por gente, e a alguns dias ganhei minha primeira câmera, uma Canon Power Shot sx400is, ela é bem simples e prática, mas da pra imaginar minha felicidade né?
    Nem sou boa em foco ou outras coisas nela ainda, mas to treinando! Amo as suas fotografias,me inspiram muito! Beijos ♡ Te desejo muita luz no teu caminhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dá! <3
      Awwwn, eu fico tão feliz por você! *-* Imagino sim, viu? Eu também comecei com uma simples; aproveita bastante e que venham muitas fotos lindas, parabéns!!! ❤❤❤ Ai, eu fico bobinha quando leio essas coisas, nunca na vida ia sonhar em ser inspiração pra alguém, sou muito agradecida pelo seu carinho e atenção, de verdade, muitíssimo obrigada! Eu também te desejo o mesmo, florzinha. Um abraço, <3.

      Excluir
  3. também sonho com uma full frame, ficaria feliz com uma 6d (que é a mais baratinha da canon) mas me realizaria com uma mark iv (coloco logo o modelo mais novo e mais caro, já que é sonho, vamos sonhar alto HAHAHA). amo o canal dupla exposição. e amei essa foto sua que colocou no post, ela é tão vintage, delicada e linda ♥ amei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ka! Tu acredita que na hora de escrever o post, eu não lembrei da 6d?!! Realmente ela é muito mais em conta, a série 5d tá difícil até mesmo pra sonhar, hahahah quando eu penso nelas chega dá uma dorzinha no coração pelo preço, hahah. Eu só conheci o canal há pouco tempo, mas já gostei bastante dele, e agora vi os novos que você indicou, também assisti alguns, thanks! <3 Own, muito obrigada, fico super feliz com isso! *-* ❤
      Bjs :*

      Excluir
  4. Amo Amo Amo quando eu comecei a cursar Design, e fotografia era uma das disciplinas fiquei loka, foi uma delícia estudar, mas foi tão rapidinho :/ eu me apaixonei pelas lentes macro e claro já queria uma máquina incrível maravilhosa né, ma$$$$$$$.
    Não tenho nenhuma, muitos blogs vejo alguém falando dessa mesma máquina sua: Canon T3i e fico de olho nela pelos sites ¯\_(ツ)_/¯.

    Não pretendo ser profissional nem nada disso, só paixão mermo.
    Eu tenho isso de achar que nada meu é lá muito bom viu, afff
    Eu adorei a foto do livro e o efeito da sombra da flor seca que ficou.

    Vc linkou o WHit e faz tempão que não acesso lá desde que entrei no pinterest
    Flickr nem falo rs

    Também pesquiso muito na internet, tem muita dica boa e até cursos free. melhor lugar!
    Ahhhhh o Cervo, ficou demais essa foto! Quem foi o fotógrafo(a)?

    xoxo
    http://rascunhosehistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah, oi, Léa! Adorei esse seu emoji "¯\_(ツ)_/¯", posso dizer que me identifiquei com ele? Hahaha Mas, então, desde já obrigada pela sua visita, viu? Sê bem-vinda!
      É muito legal saber que algumas das leitoras daqui fazem design, isso me enche de ideias pra posts, ainda penso em criar um pra gente bater um papo bem legal, <3. Na grade da universidade tem uma eletiva de fotografia, e eu fiquei doida quando vi também, hihi, mal espero pra cursar e ver como será! Pelo visto você gostou bastante da sua, depois me conta mais um pouquinho como foi a experiência, vou adorar ler, <3. Lentes macro são incríveis, e pra quem gosta de fotografar natureza deve ser show, fico pensando se ia me acabar numa dessas de tanta foto, hahaha. Eu também me identifiquei com essa parte da Canon T3i. Quando eu tinha a semi-profissional, vivia olhando as fotos do pessoal com ela, e babei por anos que só um cachorrinho, hahah. :p Concordo com você, independente de profissional ou não, o importante é tão paixão. <3 Essa dos cursos free eu não sabia, e tô indo agorinha pesquisar, porque né, rsrsrsrs. Ah! O link da fotógrafa está na própria foto, é só clicar na fotografia que você é direcionada pro Flickr dela. :D Obrigada pelo carinho! *-*
      Abçs, <3.

      Excluir
  5. Que post mais amorzinho <3
    Apesar de amar a fotografia digital, meu sonho é uma analógica. Para mim não tem nada melhor do que pegar na mão as fotos e telas para guardar ou colocar em algum lugar.
    No inicio eu também aprendi fotografia sozinha e depois resolvi fazer um curso rápido no Senac da minha cidade para aprender um pouco mais. O preço foi bem em conta e valeu a pena a experiência.
    Também comecei assim como você e pretendo muito ter a fotografia como profissão. Vez ou outra faço um trabalho com fotografia, mas ainda tem muita gente que desvaloriza isso e acha um absurdo pagar tal preço apenas por foto.
    Comprei recentemente um 50mm 1.8 pelo preço ser mais em conta e ser o que eu podia pagar e é a melhor coisa da vida. Acho que é o sonho de qualquer amante de fotografia migrar pra uma full-frame. A 5D também está na minha lista de desejos <3

    Conheci seu blog recentemente e não vou negar, estou adorando demais tudo o que encontro aqui. Posts mais pessoais como esse são coisas que me interessam bastante em blogs e me fazem acompanha-los e amá-los.

    Beijos.
    https://wolfmess.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Jamile, tudo bom? <3
      Fico muito feliz que tenha gostado, florzinha. Eu fico mais feliz ainda por começar a ler seu comentário com essa declaração pela fotografia analógica. Compartilho do mesmo sentimento que o seu, amo a digital, mas analógica é pura magia. O que mais gostava nela era o som que a câmera fazia quando pulava pra próxima pose do filme! *o*
      Olha, agora fiquei curiosa sobre seu curso. O Senac daqui não parece ser tão bom em relação ao preço, e eu fico com medo de me decepcionar.. :( Já assisti a palestras em alguns congressos regionais com os professores que ensinam lá, e fiquei meio bleh com eles, não sei explicar, haha. Pois é, já ouvi muito disso. As pessoas têm o péssimo costume de menosprezar o trabalho de um fotógrafo, é triste. Mas me conforta quando vejo os trabalhos, de vários fotógrafos que admiro, saindo em revistas, artigos e matérias. Mesmo que por enquanto eu não faça o mesmo, me dá um orgulho danado deles! Isso valoriza e mostra pro mundo o valor de uma fotografia feita com dedicação e amor; porque não é somente "tirar uma foto", mas sim o exercício de compor e arquitetar, bem mais profundo do que pensam por aí. ^.^ Ah, qualquer 50mm é divina! Eu tenho vontade de ter uma de cada, não vou mentir, hahaha. <3
      Awn, 'cê não tem noção do quanto fiquei alegre em ler isso, é tão bom saber que gostou daqui! Obrigada demais pelo seu carinho e palavras, sério! Há reciprocidade! ❤❤

      Abraço apertado, <3.

      Excluir
  6. Oi Laís
    Anos atrás eu me interessei por fotografia analógica e cheguei a comprar uma Trip 35 no ML, pq é bem baratinha e era onde eu podia começar $$. Foi onde eu parei também porque não gostei da coisa analógica na prática hahahahaha. Sou dessas pessoas que tira mil fotos iguais pra escolher uma, mesmo que eu tenha pensado na composição antes. Aí, a trip tá aqui guardada desde 2012 e tem um filme dentro dela. Acho que nunca vou terminar ele...

    Eu não tenho nenhuma outra câmera, por motivos de dinheiros mesmo, mas quero muito comprar uma. Apesar de ser mais cara, eu penso em pegar uma mirrorless por ser menor e eu poder carregar com mais conforto. Se eu pegasse uma da linha Rebel da Canon, sairia bem mais em conta e passaria menos tempo juntando, mas quando penso no tamanho e peso delas dou uma desanimada, hehe.

    bj bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabi! <3
      Ah, poxa vida, entendi. Mas 'cê não tem nenhuma vontadezinha de ver como as fotos ficaram, hein, hein, heein? Acaba esse filme só pra ver, hahah <3 *-*
      Bom, eu entendo você, quando comecei a fotografar com analógica não compreendia nada do modo manual, isso porque nunca tive uma câmera assim, tinha somente uma totalmente automática, então pra mim ocorreram muitas surpresas: eu errava muito no foco, na abertura, em tanta coisa que se eu fizer uma lista, não vai acaber aqui. Eu salvei o e-mail do vendedor, e tirava minhas dúvidas com ele, isso que me ajudou mais. Depois comecei a pesquisar mais sobre o modo manual, e com 1 ano depois da Zenit, ganhei a T3i. Aí sim tuuuudo fez sentido. Você disse que gosta de escolher as fotos, né? Hahah Pois bem, outra coisa que te entendo, viu? E é por esse motivo que consigo amar fortemente as analógicas. Elas são desafiadoras pra mim, me fazem sair da minha própria zona de conforto e comodismo. Havia sim aquele sentimento de frustração na hora da revelação quando, muitas vezes, a foto não era como eu imaginava, dava vontade de excluir, jogar a revelação no lixo... Então, eu percebi que essa era a graça da coisa. É tipo um exercício: quanto mais praticar, mais as fotos melhoram. Se você é bom na fotografia analógica, você pode fazer qualquer coisa na digital; pelo menos penso assim, porque vivi isso na prática. Muita coisa eu aprendi lá na analógica. Eu gosto de resumir dessa forma: analógica >>>> digital. Mas, apesar de eu não ser tão boa na fotografia analógica, consigo ter esse caso de amor com ela. <3
      Ah, cara! Um tempo atrás, tava lendo um estudo da Claudia Regina, do dicas de fotografia, sobre as mirrorless, e vou te dizer: bateu uma vontade enorme de ter ao menos uma por causa desses mesmos motivos que você citou. Eu acho o design dessas novas que estão lançando muito lindas! Parecem câmeras analógicas! *----* Ah, mas independente da sua escolha, eu sei que suas fotos ficarão mais lindas do que já são, viu? Tu arrasa com o celular e na edição. Quando você puder comprar, se joga mesmo, vai ser incrível! <3
      Beijo! :*

      Excluir
  7. Que amor! Adorei o post! Suas fotografias são lindas, já falei um monte de vezes e volto a repetir. Quando a gente faz com a amor, com a alma o resultado é esse. Parabéns pela nova aquisição! A 50 1.4 é uma ótima lente. Eu a tenho mas confesso que mal tenho usado. Preciso tirar a poeira dela. Eu fotografo com uma 6d e estou muito feliz com ela! Mas claro que se algum dia puder migrar para alguma 5D ficarei muito mais feliz!
    E falar o quê de você ter citado o meu nome hein? Muito obrigada querida! Fico realmente muito feliz de saber que te sirvo de inspiração. A recíproca é verdadeira!
    Um beijo e muita inspiração para o teu mundo fotográfico!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, <3. Awwwn, tu é uma querida, muitíssimo obrigada, cê não imagina a felicidade que sinto ao ler isso! ❤ As tuas fotografias são lindíssimas, imagina com a 50mm, eu tô louca pra ver mais, tira a poeira sim, por favor, hahah. <3 Que legal saber que a sua é uma 6d, isso me faz aumentar o desejo por ela, eu sei que a 5d vai demorar um pouquinho pra mim, então, pode ser que eu compre a 6d antes.. Bom, depende mesmo do $$, rsrs.
      Ah, mas claro que tinha que ter você, ué! Você, junto com todos os do blogroll, são minhas inspirações! O que mais gosto nas suas fotos são o tom delas e a paz que passam, isso conta muito pra mim, eu adoro ficar olhando elas. Sem contar as paisagens que tu registra! Só amor, <3. E obrigada mais uma vez, Ana! ❤
      Beijo!

      Excluir
  8. coisa linda ver o meu nome ali <3 fico feliz! fotografia é uma expressão linda de ler, sentir a vida [...] é nossa janela d'alma como eu sempre disse. quero outros materiais e outros editores também, mas enquanto não rola, trabalho com as belezuras que tenho e sou feliz do mesmo jeitinho hehe um abraço, passarinha! to amando a nova série [mesmo eu já sabendo muitas respostas pelo fato de já termos conversado sobre foto hahah]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu é poesia, Lary, já te disse isso e volto a repetir. ❤ Uhum, é mesmo, viu? Definição melhor que essa não há, por isso adotei ela pra mim, rsrs. Hahah, verdade, muita coisa você já sabia, hihi. :3 Muito obrigada! <3

      Abraço, <3.

      Excluir
  9. Eu amei muito esse post, as perguntas e respostas ficaram incríveis e adorei saber um pouquinho mais sobre seu equipamento, inspirações e história com a fotografia!
    Vou fazer a TAG lá no blog depois mesmo... Gostei muito das perguntas e seu blog é um dos que quero mostrar pro mundo, sabe? Então fazer sua tag te citando vai ser um prazer!
    Beijos!
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Laura! Muito, muito, muuuito obrigada por tudo! Isso me deixa feliz, feliz por demais!!! *-* Awn, faz sim, vai ser tão legal ler as respostas de outras pessoas, tô ansiosa já! Inclusive, tava olhando teu blog e vi que adquiriu uma 50mm, parabéns e bem-vinda ao clube, hahah. Agora vem mais foto linda pela frente, <3.

      Abraço apertado! <3 <3

      Excluir
  10. Adorei esse Talking about! Você não se limitou a falar sobre a parte técnica ou dar dicas de fotografia, você escreveu sobre o seu amor por ela, sua visão e como evoluiu, e isso inspira bastante <3 como eu nunca me interessei muito por fotografia, eu me vi tentando pegar um pouquinho desse seu apreço pelos detalhes, pelas cores... talvez o que me falte seja observar mais o que está ao meu redor e ter prazer em fazer composições, como você! Espero acabar absorvendo isso nas minhas visitas por aqui, ahahaha!

    Beijos :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Lu, fico tão feliz que tenha gostado, de verdade! <3 Eu fiquei com um pouco de receio ter tanta coisa pessoal e menos parte técnica, e ver seu comentário e os das outras leitoras me deixou super feliz, vocês são incríveis mesmo! Isso tudo que você me escreveu é mais um incentivo, deu um quentinho no coração ler cada palavra desse comentário, muito, muito obrigada, eu espero que você possa levar boas coisas daqui; mas de uma coisa tenho certeza: quanto mais você se interessar por fotografia, mais vai amá-la, hahah; comigo foi do mesmo jeitinho, comecei a observar as coisas pouco a pouco e quando dei por mim, estava totalmente mergulhada nesse amor, hihi.

      Abraço apertado! <3

      Excluir
  11. ai que triste que sua Zenit quebrou :( eu tenho um amor enorme pela minha, penso até em comprar outra só por garantia hahaha. Mas olha, espero que você adquira uma analógica em breve. Tenta comprar modelos menos conhecidos porque geralmente sao os mais baratos. Eu sempre faco isso. Por exemplo, comprei um Zenit ET porque além de mais robusta e resistente, era bem mais barata do que uma 122 ou 12px que sao mais famosas. Comprei uma Pentax Spotmatic que tem as mesmas opcoes e até uma virulas a mais que a K1000, sendo que a Spotmatic é mais barata por ser menos conhecida. Enfim, vou fazendo assim ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de amar câmeras analógicas, eu sou tão leiga no assunto, Vanessa... :( Às vezes eu meto a cara e pronto. Antes de comprar a Zenit, por exemplo, eu não conhecia nada de modo manual, aprendi sobre ele através dela, e mesmo assim continuo errando num bocado de coisa!! Hahah
      Eu fico boba com as dicas que você dá no seu blog, ele tá me ajudando bastante nisso, porque tem várias coisas que não sei, inclusive, essa estratégia que você deu sobre outros modelos e que possuem a mesma opção (e +) em relação às câmeras mais famosas, eu não sabia disso!! Sempre que procuro câmeras analógicas, pego referências de outros fotógrafos, e eles comumente usam essas citadas. Mas agora eu já tô esperta, haha. :D Espero conseguir achar esses modelos na internet, morro de medo de ser enganada e a câmera não vir do jeito anunciado, sabe? :( Quando comprei a Zenit, só Deus sabe do medo! Hahah.
      Mas te agradeço muito pelas dicas, já anotei aqui e farei uma nova busca para saber qual será a nova analógica. <3 <3 <3

      Excluir
    2. Flor, é normal no comeco a gente nao faz nem ideia de marcas nem nada. Quando comprei minha primeira eu também nao conhecia marca nenhuma e pesquisei em posts e grupos nomes de marcas e modelos. Só que nao comprei direto as que estavam indicando, sabe? Eu peguei o nome da marca procurei no google, geralmente aparece uma página contando sobre a marca e uma lista de modelos de câmeras que ela fabricou. Daí eu pesquisava cada um dos modelos pra ver qual as configuracoes e o que cada um oferecia. Depois pesquisava reviews dos modelos que mais gostava e pronto, comprava uma menos famosa mas tao boa ou melhor do que as famosas haha. O que quero dizer é, pegue as dicas de modelos que as pessoas te dao só como ponto de partida e comeca a pesquisar em cima disso ;)

      A exposicao no modo manual é a coisa mais fácil do mundo, te garanto. Eu nem uso fotômetro, leio a luz de cabeca, nao porque sou genial haha, mas porque é fácil mesmo e se vc precisar de dicas pode pedir :)

      Excluir
    3. Ah, entendi! Hahah Então acho que é com todo mundo mesmo que isso acontece, mas depois das dicas deu pra clarear bastante coisa, Vanessa! Fico muito grata por compartilhar comigo suas experiências, de verdade, fez muita diferença, na hora de procurar câmeras analógicas irei com outro olhar. <3 E pode deixar, vou pedir sim, muito obrigada por isso! *--* <3

      Excluir

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *